17 dezembro, 2012

E ninguém se explica!

Este país, que está de rastos e corre célere em direção ao abismo, tem à sua frente um grupo de gente que anda a tentar vender ao desbarato os poucos anéis que ele ainda tem, mas por muitas perguntas que se façam ninguém consegue obter uma resposta por parte dos responsáveis pelo disparate.

Vende-se tudo e mais alguma coisa, pois os disparates da governação têm sido mais do que muitos, e os buracos criados por uma política desastrosa aí estão.

Parece que, quer o povo deste país, quer os políticos, quer a sociedade civil,  anda tudo de cabeça perdida, pois não se vê quem possa impedir esta cambada de vendilhões de consumar os seus intentos.

Se vier a concluir-se que os negócios foram ruinosos e/ou que houve favorecimentos quem nos poderá ressarcir?

Será que não há solução à vista? Será que votado um governo nada mais há que nos possa livrar dos seus erros? Que sistema político é este que permite que um povo enganado não possa remediar o seu erro?!

Alguém nos pode acudir?

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

hoje passo só para lhe desejar Feliz Natal.
Embora ainda esteja "ao serviço", tenho pouco tempo para cumprir os meus afazeres, fazer as malas e despedir-me até 2013.

Teófilo M. disse...

Obrigado, igualmente.